…tomo sorvete muito rápido.

E o cérebro “congela”: